A mais castiça do Ribatejo, de 30 de maio a 03 de junho!

A Centenária Feira de Maio, a mais castiça das Festas Ribatejanas, está de regresso à Vila de Azambuja, entre 30 de maio e 03 de junho de 2019. São cinco dias recheados de festa brava e afición, na qual não vão faltar atividades equestres, taurinas, animação popular e muita música.

O cartaz é recheado para agradar aos mais variados gostos. A fadista Cuca Roseta vai atuar no Páteo do Valverde no dia inaugural do evento, 30 de maio – feriado em Azambuja e em muitos municípios da região. A mágica “noite da sardinha assada”, 6ªfeira 31, recebe a atuação da banda Kapittal, no Jardim Urbano Dr. Joaquim A. Ramos. No sábado, 01 de junho, destaque para o concerto “Entre Bandas” (com os Mr Fortez Trioplus e a banda do Centro Cultural Azambujense) e a atuação da cantora Aurea, junto à Escola Básica Boavida Canada. Três grandes propostas musicais gratuitas para todo o público.

O Campo da Feira, junto à Praça de Toiros, continuará a ser um dos polos de atração do evento e surgirá renovado nesta edição 2019. Uma estrutura mais moderna, funcional e acolhedora será o palco da tradicional “Praça das Freguesias” onde todo o concelho celebra o melhor da gastronomia regional e da sua animação mais típica. No mesmo recinto, em espaços distintos, marcarão a presença habitual o artesanato e várias empresas locais de diversas áreas económicas. Novidade este ano, haverá um Espaço Criança vocacionado para os mais pequenos.

Nas ruas da vila, as cinco largadas de toiros (uma em cada dia) continuam a constituir a grande atração da festa, fazendo as delícias dos mais aficionados e dos milhares de visitantes. Isto, sem esquecer as muitas tertúlias particulares, que abrem as portas a todos os que queiram refrescar a garganta ou petiscar, e ainda a ornamentação bem garrida e castiça de fachadas e janelas que tornam esta feira tão genuína e única.

Para a noite de 6ªfeira, 31 de maio, está reservado um dos momentos altos da festa, o desfile dos campinos com o gado, à luz de archotes, às 21h00, seguido da emblemática largada noturna. Após a recolha dos toiros (depois da meia-noite), inicia-se a distribuição gratuita de sardinhas, pão e vinho em diversos pontos centrais da vila. Pela noite dentro, e pelas ruas fora…, para além do concerto no jardim, dois grupos de baile, o tradicional Fado Vadio e três bandinhas itinerantes animam os arraiais até ao romper da manhã.

Na manhã de domingo, 02 de junho, preenche-se a página mais solene da feira, com a tradicional Homenagem ao Campino. Este ano, todos os campinos terão o seu valor publicamente reconhecido na homenagem a Fernando Ganhão (“Gadelha”), um dos campinos que há mais anos colabora na Feira de Maio e dedica a sua vida à criação do toiro bravo. No segundo momento da cerimónia, será entregue o Pampilho de Honra gravado com o nome do antigo campino Joaquim Isidro dos Santos.

Destaque ainda para a Tradicional Corrida de Toiros à portuguesa, pelas cinco da tarde na Praça de Toiros Dr. Ortigão Costa. O cartel 2019 conta com a presença dos Cavaleiros Rui Salvador, que comemora os 35 anos de alternativa, João Moura, Gilberto Filipe, Manuel Telles Bastos, e os praticantes Nelson Limas e Manuel Oliveira. As pegas serão dividas entre os grupos de Forcados Amadores de Azambuja, do Aposento da Chamusca e do Cartaxo. Nesta corrida será homenageado, a título póstumo, o grande aficionado azambujense e criador de cavalos, Filipe de Oliveira. A Gala Equestre “Emoções Ibéricas”, na Praça do Município, com acesso gratuito, pelas 22h00, encerrará o programa de domingo.

Na reta final das festividades, a manhã de segunda-feira, 03 de junho, é dedicada às crianças com o concerto “Galo Gordo – 10 anos de canções para a infância” de Inês Pupo e Gonçalo Pratas, no Jardim Urbano Joaquim A. Ramos. A derradeira tarde despede-se com a entrega de diplomas e prémios e, ainda, a última largada de toiros. À meia-noite, um espetáculo de fogo-de-artifício dará por encerrada a Feira de Maio 2019!

De referir que este ano a Feira de Maio de Azambuja irá disponibilizar aos seus visitantes áreas de estacionamento gratuito, nas entradas da vila e devidamente sinalizadas, com capacidade para duas mil viaturas.

Related Posts